?

Log in

Previous Entry | Next Entry

Silencioso


E o que é o silêncio?
Tão suave, mal a tempestade começa
e o silêncio branco me atormenta
pois não importa o que haja lá fora
tudo é silêncio.

Acorrentada docemente aos grilhões desta tortura
E não são nada além de lagrimas que vejo
nada além de dor que sinto
nada além de silêncio e medo desse escuro
medo do vazio...

E esperar a revolta de quem?
E fazer dos meus pulsos esfolados pra quê?
O silêncio me consumiu
Agora eu preciso me divertir com ele.

Comments

( 1 comment — Leave a comment )
yliabentes
Mar. 16th, 2010 05:53 pm (UTC)
*__*
Adorei, obvio... cara, adoro poemas simples, mas tão profundos que te fazem ficar pensando horas... Vc teve versos geniais, simplesmente admiráveis, como
"E esperar a revolta de quem?
E fazer dos meus pulsos esfolados pra quê?"
mto legal... e triste :/
amei o fim também... aiai, deve ser chato consagrar tantos talentos em uma pessoa só... chatinha! ¬¬'
( 1 comment — Leave a comment )

Profile

rr_chiba
Sejam bem-vindos ao canto da Majestade Rei Kövik.

Latest Month

December 2013
S M T W T F S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    

Tags

Page Summary

Powered by LiveJournal.com
Designed by Kenn Wislander